Segunda à Sexta

8H às 19H

+55 11 3667 1494

contato@clinicachronos.com

R Dr Alfredo de Castro 200 cj 1805

Condomínio Edifício Trademark Pacaembú/SP

Seguir

Agende

 

Cruroplastia

Cruroplastia

Contorno Corporal

É a cirurgia que possibilita remodelar o contorno da coxa e tratar a flacidez interna do membro inferior , reduzindo o excesso de pele e de gordura localizado nessa área.

Esse tratamento é feito geralmente na região inguinal (entre a virilha e face interna das coxas). Em alguns casos , poderá ser necessário prolongar a cicatriz desde essa área até a parte interna da coxa, para um maior ajuste da pele, dependendo do excesso de pele que o paciente tem, em outros casos, pode-se tratar esta região da coxa apenas com a lipoaspiração se não tiver excesso de pele nesta região. A lipoaspiração pode ser feita isoladamente ou no mesmo procedimento de retirada do excesso de pele para uma melhor modelação do tecido gorduroso. Essa reestruturação do volume dos tecidos locais melhora inclusive a funcionalidade da área, permitindo maior amplitude dos movimentos do membro e minimizando assaduras crônicas nas dobras dessa região.

A qualidade e manutenção ( duração ) do resultado dependerão da idade, da textura e do fotoenvelhecimento da pele, dos hábitos e características individuais ( cigarro, álcool, atividade muscular localizada ).

O peso deverá ser o menor possível na época da cirurgia. No caso de emagrecimento acentuado pós cirurgia de obesidade, a cirurgia será feita somente após a estabilização final da perda de peso pretendida pela equipe de Gastrocirurgia.

Pacientes fumantes , obesos e/ou diabéticos têm risco aumentado de haver intercorrências cirúrgicas relativas às questões vasculares e cicatriciais. Entretanto estas condições não são contra-indicações absolutas à cirurgia.

O resultado começará a ser evidenciado a partir do 1° mês de evolução pós operatória, com a absorção progressiva do inchaço durante aproximadamente 8 meses.

CICATRIZ

No caso apenas de se realizar um lipoaspiração, não se deixa cicatriz nesta região das coxas, pois o orifício de entrada da cânula de lipo geralmente se dá próxima a marca do biquíni. Quando há excesso de pele a ser retirada a cicatriz é feita de modo que fique posicionada e camuflada principalmente na prega inguinal (virilha), podendo em alguns casos de maior excesso de pele haver prolongamento da mesma para a parte interna da coxa. A qualidade da mesma é influenciada pela genética individual , por fatores locais e cuidados pós-operatórios.

ANESTESIA-INTERNAÇÃO

O anestesiologista definirá a mais adequada ao caso. Geralmente é a anestesia peridural, podendo ser a do tipo geral , dependendo da extensão do procedimento.

O período de internação pode ser de 6 à 24hs.

PRÉ-OPERATÓRIO

Todos os exames clínicos e laboratoriais de rotina.

Avaliação clínica e anestesiológica.

Documentação fotográfica da área a ser operada.

Drenagens linfáticas são aconselhadas já nesta fase.

Comunicar até 2 dias antes da cirurgia, qualquer ocorrência, como gripe, indisposição, febre, etc.

Internar-se no hospital/clínica, obedecendo o horário indicado na guia.

Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer e AAS, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico (o que inclui também os diuréticos).

Evitar bebidas alcoólicas ou refeições fartas na véspera da cirurgia.

Programar suas atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros por um período aproximado de 2 semanas.

PÓS-OPERATÓRIO

Uso de medicação antibiótica, anti-inflamatória e analgésica.

Dolorimento local geralmente discreto.

Deambulação e banho no 1º dia. .

Equimoses na região por 15 dias.

Restrições a tarefas do lar e dirigir por 20 dias.

Caminhadas a partir de 30 dias.

Ginástica em academia / hidroginástica após 30 dias .

Exposição solar geralmente após 3 meses.

Drenagens linfáticas são aconselhadas a partir da 1º semana, por 4 a 8 semanas.

Uso de malha cirúrgica modeladora por 30 dias.

Documentação fotográfica da região operada a partir do 8º mês.

CURATIVO – RETIRADA DE PONTOS

Curativo simples. Uso de fitas adesivas de “micropore” diretamente sobre as cicatrizes, sendo as áreas lavadas normalmente durante o banho e secas adequadamente.

As mesmas serão trocadas geralmente a cada 5 dias, nos primeiros 15 dias, conforme orientação médica.

Retirada de pontos entre o 7º e 15º dia pós-operatório.

Após retirada completa dos pontos, iniciar massagens com cremes anti-inflamatórios diretamente nas cicatrizes, associado ao uso de uma lâmina de silicone sobre as mesmas, durante 2 meses.

Lembrete importante:

Toda cirurgia envolve risco e toda intervenção com finalidades tanto estéticas quanto reparadoras pode necessitar de retoques.

administrator